Lesões Desportivas e Cutâneas em Adeptos de Corrida de Rua

Por: Vários Autores.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.20 - n.4 - 2014

Send to Kindle


Resumo

A corrida de rua é uma modalidade em expansão e tem sido utilizada como lazer, esporte ou prática competitiva. OBJETIVO: Verificar frequência de lesões desportivas e cutâneas em atletas de corrida de rua. Material e MÉTODOS: Estudo transversal de 220 atletas de corrida de rua com questionário e observação clínica. Análise pelos testes t, Mann-Whitney, Qui-quadrado e correlação de Spearman. RESULTADOS: Predominaram atletas do sexo masculino, adultos, praticantes de corrida de longa distância, que treinam em média 45 a 60 minutos com frequência de 2 e 3 vezes por semana e têm participação variável em competições. As principais lesões relatadas foram dor no joelho (30,4%), distensão/estiramento muscular (16,7%), tendinites (10,1%), dor nos quadris (7,3%) e dor na coluna (7%), sem diferenças estatísticas entre os gêneros. Houve associação significativa entre quilômetros percorridos em treino e lesões musculares nos homens (p = 0,0477, x = 9,60). O calçado esportivo teve relação com presença de unhas encravadas e perdas ungueais nas mulheres. CONCLUSÃO: Os homens apresentaram maior frequência de lesões musculares e as mulheres, de afecções cutâneas e ungueais.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1517-86922014000400299&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.