Perfil Antropométrico de Escolares do Ensino Médio do Gama, Distrito Federal

Por: Alexandre Teixeira Abdala, Danielle Luz Gonçalves Barros, Fabiana Angélica Costa, Igor Marcio C.f. Cunha, Juliene Azevedo Oliveira, Priscila da Silva Lima, Samuel Estevam Vidal e Tiago de Oliveira.

40º Simpósio Internacional de Ciências do Esporte SIMPOCE

Send to Kindle


.Resumo

Objetivo: Traçar o perfil antropométrico de estudantes do Ensino Médio de uma Escola Pública do Gama-DF a fim de gerar dados preliminares para uma pesquisa epidemiológica na cidade. Background:Adolescentes de todo o Brasil precisam ter conhecimento a respeito do seu próprio corpo, compreendendo as necessidades nutricionais diárias e sobre a importância da atividade física. O interesse na prevenção da obesidade e o estímulo à atividade física na adolescência se justifica pelo aumento de sua prevalência com permanência na vida adulta e pela potencialidade enquanto fator de risco para as doenças (DAVIS e CHRISTOFFEL, 1994 ). Os maiores adversários da Qualidade de Vida e Bem-Estar, principalmente na adolescência, são obesidade, drogas, esteróides, anabolizantes, anorexia, estresse, distúrbios do sono e doenças provenientes de uma vida sedentária somada às poucas informações sobre saúde (BRASIL, 2007). Deste modo, entende-se que alimentação saudável, lazer, atividade física e horas mínimas de repouso significam saúde para o adolescente (MODENEZE, 2007). Métodos: Trata-se de estudo quantitativo (THOMAS E NELSON, 2007), que investigou 102 estudantes, com idade de 15 a 18 anos, sem restrição de sexo, cursando o primeiro ano do Ensino Médio no Centro Educacional 06 do Gama - DF. Os dados antropométricos foram obtidos por meio dos seguintes instrumentos: Adipômetro - Lange - para a verificação da gordura subcutânea, Paquímetro - Cardiomed - para o diâmetro ósseo e Fita para perimetria: Cardiomed - perímetros musculares. Análise Estatística: Foi realizada estatística descritiva para os dados antropométricos com estratificação por sexo. Resultados: Os sujeitos do sexo feminino (n=53) apresentaram idade média de 15,72±0,96 e IMC (média) de 19,81±4,01. A estatura aferida foi de 1,62±0,06. Já os sujeitos do sexo masculino (n=43) apresentaram idade média de 15,95±0,85, IMC (média) de 19,81±4,72 e estatura média de 1,74±0,06. Discussão: Os dados analisados não apresentaram diferenças significativas entre o público masculino e feminino. E indicaram um perfil favorável na prevenção do desenvolvimento de doenças futuras, já que não foi verificada prevalência de casos de sobrepeso e obesidade de acordo com os perfis do SISVAN e OMS referenciados. Conclusão: Os dados de IMC-para-idade e estatura-para-idade tiveram conformidade com perfil eutrófico com estatura adequada para a idade do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional – SISVAN e com os pontos de corte das curvas de crescimento da OMS (2007),

Endereço: http://celafiscs.org.br

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.